OFTALMOLOGIA

acuidade.jpg

Acuidade Visual

O teste de acuidade visual é a primeira avaliação para detectar problemas com a visão, especialmente o grau de aptidão do olho para discriminar a forma e o contorno dos objetos. Pode ser realizado em crianças e adultos e ajuda a identificar e evitar o agravamento de problemas de visão.

capimetria.jpg

Campimetria Visual

Também conhecido como exame do campo visual, o exame de campimetria é um procedimento que ajuda a diagnosticar problemas nos olhos. Ajuda a identificar e perceber os estímulos da visão periférica da pessoa. Daí o nome, que remete ao campo periférico da visão.

breakup-time.jpg

Break Up Time

O tempo de ruptura do filme lacrimal (ou “Break Up Time” ou BUT) permite a avaliação da estabilidade do filme lacrimal sobre a córnea. É realizado instilando uma gota de fluoresceína sódica 1% e, após o paciente piscar os olhos inúmeras vezes, é observado na lâmpada de fenda sob iluminação com filtro azul de cobalto.

campo-visual.jpg

Campo Visual Computadorizado e Manual

O exame avalia o campo visual periférico e central. Ele é indolor e sem contato. O paciente fixa sua visão em um ponto central, enquanto a ortoptista apresenta estímulos luminosos. O paciente deve informar se percebe os estímulos apertando uma campainha.

ceratometria.jpg

Ceratometria

Ceratometria é um exame realizado para descobrir qual o grau de curvatura do centro da córnea, tomando como base o ângulo de 90 graus entre os eixos perpendiculares. Esse exame é fundamental para a escolha e adaptação de lentes de contato para novos usuários, pois é a partir dele que se tem o conhecimento prévio da curvatura da córnea, e, consequentemente, da curvatura ideal da lente de contato.

curva-tensional.jpg

Curva Tensional

A curva tensional diária é utilizada para aferir a pressão intra-ocular do paciente para diagnóstico ou acompanhamento do tratamento do glaucoma.

ecobiometria.jpg

Ecobiometria

Ecobiometria é um exame que possibilita calcular o grau da lente a ser colocada dentro do olho nos casos de cirurgia de catarata. Saber qual o melhor grau da lente intraocular permite que o paciente tenha uma melhor visão após a cirurgia.

epilação.jpg

Epilação

Epilação de cílios é a retirada de cílios que, por um motivo ou outro, estejam provocando desconforto ocular. A Epilação é realizada para tratar os casos de Triquiase (quando os cílios crescem virados para dentro).

ecografia-ocular.jpg

Ecografia

O exame de Ecografia Ocular, analisa as estruturas internas e a anatomia do olho, principalmente quando o exame de fundo de olho não consegue ser efetivo pela ocorrência de opacidade no globo ocular, como acontece em infecções oculares como a toxoplasmose e na catarata.

fundoscopia.jpg

Fundoscopia

A fundoscopia é o exame que avalia as condições gerais da retina. Fazer essa avaliação regularmente previne doenças oculares que podem até levar à cegueira.

gonioscopia.jpg

Gonioscopia

A gonioscopia é o exame padrão de referência para avaliar o ângulo – onde está localizado o sistema de drenagem do olho. Este exame requer a colocação do paciente na lâmpada de fenda (uma máquina simples com um sistema de iluminação e visualização).

paquimetria-coreana.jpg

Paquimetria Corneana

A Paquimetria é um exame que mede a espessura da córnea. É indicado nos casos de suspeita de Glaucoma, edema de córneas e pré-operatórios de cirurgias refrativas. É um exame indolor e de rápida execução. O paciente deve estar sem óculos ou lentes de contato caso faça uso. Para sua realização é apenas necessária a instilação de uma gota de colírio anestésico e que o paciente fixe o olhar no ponto determinado pelo médico, para que com uma sonda ultrassônica sejam feitas as medidas.

pter´gio.jpg

Pterígio

Pterígio, também conhecido por “carne nos olhos” ou “carne crescida”, nada mais é do que uma membrana que avança sobre a córnea, ou seja, invade a superfície ocular, em direção ao centro, podendo atingir a pupila. O exame é feito na lâmpada de fenda para avaliar o tamanho de invasão da córnea, inflamação , além da avaliação da interferência na visão.

retinografia.jpg

Retinografia

O exame de Retinografia serve para fazer o mapeamento dos olhos e, com isso, diagnosticar e auxiliar no acompanhamento de problemas oculares como glaucoma, retinopatia diabética, diabetes mellitus, entre outros.

topografia.jpg

Topografia de Córnea

A topografia de córnea é um exame de oftalmologia que serve para analisar o relevo e curvatura da córnea em toda a sua superfície, ou seja, desde o centro até à sua periferia.

usg-ocular.jpg

USG do Olho

Com a Ultrassonografia de Globo Ocular (USG) se observam várias doenças e condições oculares, como cistos, lesões por traumas, tumores, doenças inflamatórias e autoimune

caarata.jpg

Cirurgia de Catarata

A catarata ocular carateriza-se pela perda progressiva da transparência do cristalino (lente natural do olho). Os sintomas iniciais como a visão turva, diminuição da visão noturna e fotofobia (sensibilidade à luz) podem ser muito ténues numa primeira fase, agravando-se a sintomatologia com o decorrer do tempo (veja mais informação em sintomas). Ou seja, o cristalino torna-se opaco (turvo) com a idade, instalando-se de uma forma lenta e progressiva, afetando, desta forma, a visão. Esta causa (o envelhecimento) é a mais comum no surgimento da catarata no olho, contudo podem existir outras para além do envelhecimento.