top of page
Buscar
  • Foto do escritorvictorpenhaalmeida

Endoscopia Digestiva: Como Funciona e Doenças Que Descobre

Você já se perguntou como os médicos conseguem visualizar o interior do seu trato

digestivo? A resposta está em um procedimento chamado endoscopia digestiva. Este

é um procedimento médico crucial usado para examinar o interior do sistema

digestivo. Vamos explorar o que é a endoscopia digestiva, como funciona e quais

doenças pode descobrir.


O que é Endoscopia Digestiva?

A endoscopia digestiva é um exame realizado por um médico especialista chamado

gastroenterologista. O procedimento envolve o uso de um dispositivo conhecido

como endoscópio - uma sonda longa e fina com uma câmera de luz na extremidade.

Através do endoscópio, os médicos conseguem visualizar o esôfago, o estômago e a

primeira parte do intestino delgado.


Como funciona a Endoscopia Digestiva?

A endoscopia digestiva é um procedimento bastante simples, embora possa parecer

assustador à primeira vista. Antes do exame, o paciente pode precisar jejuar por um

certo período de tempo para assegurar que o estômago esteja vazio. O médico pode

administrar uma sedação leve para ajudar o paciente a relaxar e a aliviar qualquer

desconforto.


- Durante o procedimento, o paciente é deitado de lado e o endoscópio é

cuidadosamente inserido pela boca, passando pelo esôfago até o estômago e

o duodeno. A câmera no endoscópio transmite imagens de alta definição para

um monitor, permitindo que o médico observe o trato digestivo em detalhes.

Se necessário, pequenas amostras de tecido (biópsias) podem ser retiradas

através do endoscópio para análise posterior.


Doenças que a Endoscopia Digestiva Pode Descobrir

A endoscopia digestiva pode ajudar a diagnosticar uma variedade de condições e

doenças do sistema digestivo, tais como:


- Úlceras gástricas: Úlceras são feridas que se formam no revestimento do

estômago, no esôfago inferior ou na primeira parte do intestino delgado.

Podem causar dor, náusea e, em casos graves, sangramento.


- Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE): Esta condição ocorre quando o

ácido do estômago volta ao esôfago, o que pode causar azia e outros sintomas

desconfortáveis.


- Doença Celíaca: Esta é uma doença autoimune em que o consumo de glúten

danifica o intestino delgado.


- Hérnia de Hiato: Ocorre quando uma parte do estômago sobe para o

diafragma, podendo causar refluxo ácido.


- Câncer do Trato Digestivo: A endoscopia pode ser usada para identificar

tumores no esôfago, estômago ou intestino delgado.


- Gastrite: Inflamação do revestimento do estômago que pode ser causada por

uma variedade de fatores, incluindo infecção bacteriana, uso de medicamentos como anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs) e consumo excessivo de álcool.


- Doença Inflamatória Intestinal: Esta é uma categoria de condições

inflamatórias do cólon e intestino delgado. As duas principais são a doença de

Crohn e a colite ulcerativa.


Resumindo, a endoscopia digestiva é uma ferramenta valiosa que permite aos

médicos visualizar diretamente o interior do sistema digestivo e diagnosticar uma

série de condições. Embora o procedimento possa parecer intimidante, é um exame

relativamente seguro e simples que fornece informações importantes para orientar o

tratamento e melhorar a saúde digestiva do paciente. Lembre-se, a comunicação

aberta com seu médico é essencial se você tiver dúvidas ou preocupações sobre a

endoscopia digestiva.


83 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page